Você já foi vítima de fofoca

Hoje quero falar com você sobre danos emocionais e a mentalidade de um fofoqueiro.

Você deve conhecer pessoas que sentem prazer em falar da vida do outro.

Sabe aquela pessoa que tem a informação da vida de todo mundo e o tempo todo está falando de alguém?

Talvez você até conviva no seu trabalho com pessoas assim, normalmente no ambiente corporativo

está cheio de pessoas assim. O que você talvez não saiba é que essas pessoas tem um problema de autoestima.

Geralmente quando as pessoas falam da vida do outro elas acabam se comparando, elas

avaliam a vida do outro, julga e se compara com o outro e geralmente quando me comparo

a alguém eu digo se sou melhor ou pior que aquela pessoa. Se eu sou melhor que aquela

pessoa eu tenho complexo de superioridade e se sou pior que aquela pessoa tenho complexo

de inferioridade e de qualquer forma, superioridade ou inferioridade, está relacionado com a altoestima.

A pessoa que tem a necessidade de falar da vida do outro é porque ela não está se analisando,

buscando autoconhecimento, ela não está olhando para si.

Na mentalidade do fofoqueiro, quando a pessoa tem necessidade de falar da vida do outro

ela está se comparando e julgando ser melhor. O que acontece é que essa pessoa fica com essa

mentalidade fixa que só o outro está errado e que ela não tem nada para melhorar, ela não

passa para a mentalidade do crescimento, ao avaliar o outro ela se julga melhor e acha que não

precisa melhorar em nada.

No ambiente corporativo as empresas pagam um preço alto por isso, não só custo emocional

mas também financeiro. Uma equipe que poderia ser alto gerenciável, por faltar inteligência

emocional e assertividade dos membros da equipe e por essa necessidade de falar da vida do

outro é preciso contratar um líder, e o líder não é nem para fazer o desenvolvimento das pessoas,

muitas empresas possuem líderes para gestão de conflitos.

São coisas que precisamos parar para pensar, porque a fofoca tem um custo financeiro e emocional

muito grande.

Se você convive com pessoas que o tempo todo está falando da vida do outro, cuidado,

porque amanhã ou depois você pode ser a bola da vez. As pessoas que tem o hábito e falar dos outros,

falam de todos, mesmo que esteja falando agora de outro com você, amanhã pode falar com outra

pessoa sobre você.

Posted by admin
a few months ago