A arte de perguntar

Nos últimos meses um dos treinamentos que mais tenho ministrado dentro de empresa é o

de comunicação assertiva. O quanto essa necessidade de treinar as pessoas para falar e se comunicar

tem aumentado dentro das empresas. O que chama a atenção é que hoje estamos na era da comunicação,

hoje temos muitos meios para se comunicar e mesmo assim, esse tema ainda é tão solicitado.

E por que? Porque ainda hoje com tanta tecnologia, 86% dos problemas que acontecem dentro de

uma organização são causados pela falha na comunicação. E uma das coisas que eu observo é que a

medida que crescemos, nós deixamos de fazer algo que era natural quando éramos crianças, que é a arte

de perguntar.

O que perguntar tem a ver com comunicação? Tem muito a ver, porque quando somos crianças, fazemos

muitas perguntas, temos muitas curiosidades. E é na infância mesmo que criamos algumas crenças

relacionadas a perguntar. Porque quando se é criança e faz uma pergunta na sala de aula, as crianças

normalmente brincavam, tiravam sarro. Então, vamos criando alguns conceitos que vão nos bloqueando

na hora de perguntar.

E quando a pessoa está no ambiente corporativo e fica com alguma dúvida, ela não pergunta, ela guarda

isso com ela ou pergunta para outras pessoas, mas não tira a dúvida com quem deve tirar. E isso não é o pior,

o pior é quando essa pessoa começa a deduzir, ela não entende a informação e começa a completar as lacunas deduzindo. E essas deduções podem causar falha no processo, fofoca em excesso no ambiente corporativo

e podem causar um clima ruim, um clima onde as pessoas não sentem vontade de trabalhar. Tudo porque as

pessoas preencheram as lacunas com as informações que faltaram.

Percebe-se que isso não acontece somente na vida corporativa, isso acontece no pessoal também. As vezes

pessoas que se relacionam e em um determinado dia o outro está mais mal-humorado e dá uma resposta

negativa, ao invés da pessoa perguntar o que aconteceu, a pessoa deduz e acha que o problema é com ela,

logo, essa falta de pergunta causa um estranhamento entre as pessoas.

Então veja como é importante resgatarmos aquilo que era tão natural, a arte de perguntar. E não só

perguntar para outras pessoas, mas perguntar para nós mesmos, e nós esquecemos de perguntar para

nós mesmos. E a pergunta tem uma riqueza para nós, ela expande nossa mentalidade. As vezes ficamos

presos a perguntas que nos empobrece, a pessoa erra e fica perguntando porque errou, esse tipo de pergunta

não nos leva a lugar nenhum. Mas perguntas como, o que eu aprendo com isso, o que eu observei e que em uma próxima situação eu não volto a errar, são perguntas que expande a nossa mentalidade e traz mais crescimento e desenvolvimento para nós.

E na sua vida, quais perguntas você precisa fazer mais para você e quais perguntas você precisa usar no dia a

dia para melhorar a comunicação na sua empresa e melhorar seu relacionamento?

Posted by admin
6 days ago