Socorro cadê minha motivação

Você se considera uma pessoa comprometida? Você se considera uma pessoa que sempre está

se desenvolvendo e quem aquilo que acha “vontade de aprender”?

Em 2007 a universidade Harvard fez uma pesquisa e divulgou que apenas 10% da população tem

o que se chama “vontade de aprender”. Se você se considera essa pessoa, esse vídeo irá fazer muito

sentido para você.

Geralmente vemos dentro das organizações pessoas pouco comprometidas, poucas engajadas,

poucas pessoas buscando por resultado e se desenvolvendo o tempo todo.

Se juntarmos esses 10% com aquela pesquisa que já comentei em alguns vídeos do Daniel Goleman

(que ele dividiu o mundo em 11% pessoas comprometidas e inovadoras, 19% de pessoas aderentes,

estão sempre buscando mas se inspiram nos 11%, 50% as pessoas que estão perdidas, que não entenderam

o que vieram fazer aqui, 20% são os terroristas que não estão criando, mas estão detonando tudo que

todo mundo está fazendo) iremos perceber que dentro das organizações sempre irá ter um pequeno

grupo de pessoas engajadas, comprometidas e motivas pra buscar resultados. O grande erro que essas

pessoas comentem é que como elas sempre estão buscando elas esperam que os demais estejam no mesmo

patamar que elas, quando isso não acontece, essas pessoas passam por um momento que chamo de “senso de injustiça”, porque elas sentem que estão levando a empresa nas costas e quando isso acontece muitas

dessas pessoas tendem a desanimar e cair a performance e motivação. Nesse momento se a pessoa

não tiver inteligência emocional, uma busca, uma ajuda, ela pode sair dos 11% da pesquisa do Daniel Goleman

e se tornar os 20% da pesquisa, que é o terrorista. Ela deixa de dar resultado, mesmo tendo perfil para

isso e começa a jogar contra a empresa, porque a motivação dela caiu.

O cuidado que você deve ter se tiver esse perfil ou se conhece alguém assim é, não se nivelar por

essas pessoas, porque as pessoas que tem esse perfil, elas precisam entender que elas sempre estarão

acima da média, com uma performance maior, e quando elas tentam fazer com que essas outras pessoas

tenham o mesmo nível, isso não vai acontecer, e corre o risco dela se frustrar. Para isso não acontecer,

essas pessoas sempre buscar referencias que sejam acima delas e não buscar referência com pessoas que

estão abaixo delas, porque se busca abaixo, vem a desmotivação.

Então a dica é, procure pessoas com quem você possa se inspirar, pessoas que elevam a sua motivação,

pessoas que façam com que você esteja sempre se desenvolvendo, para que você realmente continue

nos 10% da população que tem essa vontade de aprender e se desenvolver e isso só vai fazer bem para você!

Posted by admin
last month